Orgasmo múltiplo 3 dicas de especialistas para ter um

Orgasmo múltiplo 3 dicas de especialistas para ter um

Como ter orgasmo múltiplo com dicas de profissionais na área do sexo.

Pode ser complicado para uma mulher descobrir como ela vai atingir o orgasmo (em comparação com o movimento tragicamente simples “para dentro e para fora” em um pênis que parece fazer o truque sempre e é funcional, e as mulheres simplesmente não estão tendo tantos orgasmos como homens em geral.

Mas, para todas as desvantagens, há uma enorme vantagem: a capacidade de ter múltiplos orgasmos em um pequeno período de tempo.

“A mulher média é construída para ter orgasmos uma vez ou outra”, diz Rachel Carlton Abrams, MD, co-autora da The Multi-Orgasmic Woman. O que significa que, uma vez que você dominou uma vez o orgasmo, a chegada até próxima é absolutamente obtida. “As mulheres não exigem um período refratário como os homens, então podemos permanecer excitadas por mais tempo e ter um orgasmo uma segunda e terceira vez com pouco esforço”, diz o Dr. Abrams.

Mas a Dra. Jessica O’Reilly, explica que apenas porque você pode ter múltiplos orgasmos, não significa que seja melhor. Embora tenha havido estudos que mostrem que cerca de 43% das mulheres experimentaram orgasmo múltiplo, O’Reilly estima a porcentagem de mulheres que são capazes são maior. “A capacidade de ter vários orgasmos, no entanto, não é necessariamente desejável. Algumas mulheres estão perfeitamente satisfeitas com apenas um orgasmo”, diz ela. Portanto, não há necessidade de perseguir dezenas de orgasmos se você estiver feliz com a sua vida sexual, como está.

Em seu livro, a Dr. O’Reilly explica que não há uma regra dura e rápida para quando e como seus múltiplos orgasmos podem ocorrer: “Algumas mulheres têm vários orgasmos seguidos sem reverter para os estágios iniciais da excitação sexual e outros tem uma série de orgasmos menos intensos que culminam em um clímax mais poderoso “, escreve ela.

Mas se você está procurando alguns conselhos práticos de como aproveitar sua capacidade inata de múltiplos orgasmos, não procure mais.

1 – Liberte sua mente sobre o orgasmo

liberte sua mente 300x168

Sintonize sua conexão mente e corpo. Se você entrar em uma conexão com expectativas limitadas de seu orgasmo, você realmente fará com que seu corpo limite suas respostas prazerosas. Em outras palavras, se você assumir que você só poderá ter orgasmo apenas uma vez na relação sexual, você terá apenas um orgasmo, então liberte-se deixe sua mente fluir para múltiplos orgasmos.

A razão pela qual entender seu estado de espírito é tão importante? “Depois que você chegou pela primeira vez, ao invés de desligar mentalmente e sexualmente – o que é o que você faz quando supõe que você chegou ao final – você precisa permanecer expectante e abrir uma nova excitação”, diz o Dr. Abrams. “É tudo sobre saber que seu corpo é totalmente capaz, ele foi construido para experimentar orgasmos mais profundos, mais longos e mais freqüentes”.

E, como o Dr. O’Reilly observa, “muitas vezes o orgasmo pode ser impedido por pensamentos intrusivos”, tornando ainda mais importante relaxar.

2 – Considere fazer algumas abdominais

mulher com abdomen definido 570x321

Os músculos fortes do abdômen demonstraram ser um componente crucial para ter múltiplos orgasmos, diz Beverly Whipple, PhD, co-autor do The G Spot (Os músculos que cercam o canal vaginal – são os que permitem que você retive a urina.)

“Uma vez que seu orgasmo é essencialmente uma contração intensa do seu abdômen e músculos abaixo da barriga, fortalecê-los aumenta o fluxo sanguíneo para a área e permite que você experimente uma sensação de prazer mais profunda e uma série repetida de pulsos”, diz Laura Berman, PhD, autora de A Prescrição da Paixão.

3 – Não elimine as preliminares para atingir o orgasmo

Preliminares do sexo 300x160

Se você quer ter orgasmos múltiplos, o sexo oral é fundamental. “Para a maioria das mulheres, a estimulação do clitóris no sexo oral é a maneira mais fácil para o clímax”, diz o Dr. Abrams.

Peça a ele que acaricie sua vagina com a língua por um minuto ou mais antes de partir para a penetração. “As técnicas de provocação oral estimulam o corpo a esperar que, após cada pico de sensação, outro venha”, diz o Dr. Abrams.